Como aumentar as vendas do seu restaurante – parte 1

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Embora existam várias maneiras de aumentar as vendas do seu restaurante, é importante entender que a resposta a essa pergunta depende de muitos fatores relacionados à sua empresa que você deve considerar antes de agir.

Por que você precisa aumentar as vendas do seu restaurante?

Antes de fornecer soluções para suas necessidades, é importante entender por que você precisa aumentar as vendas do seu restaurante.

• Sua necessidade pode vir da falta de dinheiro para cobrir suas despesas;

• porque você precisa cumprir sua projeção de crescimento;

• porque você precisa investir e abrir novos pontos de venda;

• porque você precisa se pagar uma folha de pagamento melhor etc.

Cada uma das opções acima são válidas, mas todas têm soluções diferentes. É por esta razão que “aumentar as vendas do seu restaurante” não pode ser a sua solução.

Você deve primeiro aprofundar sua necessidade de encontrar a solução certa e, acima de tudo, entender seu negócio.

Além de cozinhar um bom prato e entregá-lo corretamente aos seus clientes, você também deve falar a língua do seu restaurante e entendê-la.

Ou seja, familiarize-se com seus inúmeros e indicadores.

É importante entender que esses indicadores não devem ser resumidos apenas em “falta de vendas”, mas em outros pontos-chave como sua taxa de recompra; a satisfação de seus clientes; sua rotação de mesa; seu custo de aquisição de clientes; seus custos de matéria-prima; o estado do sua caixa; a satisfação de seus funcionários e sua taxa de rotatividade, etc…

Cada um desses fatores (e muitos outros) desempenha um papel muito importante na sustentabilidade do seu negócio e está diretamente relacionado à sua necessidade de vender mais.

Em outras palavras, mesmo que você precise vender mais, a falta de vendas não é seu problema . É um sintoma.

E sua responsabilidade como empresário gastronômico é entender a causa dele. Dessa forma, você pode se concentrar em uma solução e reunir os recursos para materializá-la.

Essa solução pode ser adquirir novos clientes, melhorar sua recompra, melhorar sua experiência, melhorar sua comunicação, criar novas estratégias, etc. Tudo depende da métrica que você precisa melhorar e das oportunidades (ou desafios) que você identificou para sua empresa.

Solução 1: Conquistar novos clientes

Depois de fornecer mais contexto sobre sua necessidade de vender mais, podemos agora começar com a primeira solução: conquistar novos clientes.

E sua capacidade de fazer isso depende em grande parte de quão bem você se conecta psicologicamente com seu mercado-alvo para reduzir o risco percebido antes de tomar uma decisão e motivá-los a visitá-lo.

A princípio, você deve aceitar a ideia de que toda vez que uma pessoa toma a decisão de ir a um novo destino gastronômico, ela entra em um processo de avaliação para confirmar se a opção atende às suas necessidades e se vale a pena o risco.

Portanto, quanto mais você conseguir reduzir o risco que o cliente percebe ao avaliar seu restaurante, maior será sua capacidade de venda.

E como fazer isso?

Tudo depende da qualidade da sua proposta de valor e do seu marketing.

Tenha uma proposta gastronômica marcante.

Para isso, recomendamos que você se familiarize com o branding gastronômico e entenda a importância de competir não apenas com um bom prato, mas também com uma marca que se conecte psicologicamente com a identidade da sua buyer persona para motivá-los a visitá-lo.

É uma realidade que você deve aceitar o quanto antes porque oferecer um bom prato não é mais suficiente para conquistar a atenção dos consumidores, você também deve criar experiências que se conectem com a identidade deles para que eles priorizem você dentro de todas as propostas gastronômicas do setor. Dessa forma, você tornará sua marca mais marcante.

Se você já tem um restaurante e sente que precisa trabalhar nessa parte, recomendamos fortemente que dê um passo atrás e defina os principais conceitos para construir uma narrativa envolvente:

  • A razão do seu negócio: Por que seu restaurante existe? Como isso impacta positivamente as pessoas?
  • Seus valores e princípios: Quais valores seu negócio promove? É a oportunidade de se conectar psicologicamente com os valores do seu mercado-alvo e sua identidade.
  • Sua personalidade: Como sua marca atua e se comunica no mercado? Como você interage com as pessoas?
  • Seu mercado-alvo: Aquem sua experiência é direcionada? Essas pessoas devem compartilhar valores e uma identidade semelhante à sua marca.
  • Sua promessa de valor: Por que sua experiência é diferente? O que as pessoas devem reconhecer quando pensam em seu negócio? O que te torna único?
  • Sua projeção/visão: Para onde seu negócio está indo? O que ele busca alcançar no futuro?

Cada um desses pontos é vital se você quiser começar a competir como uma marca e se conectar com os consumidores. Ao definir cada um deles, você poderá criar o conteúdo certo e comunicá-lo estrategicamente no mundo digital para atrair a atenção do consumidor. Dessa forma, você deixará de falar apenas sobre seu produto, mas sobre o porquê e os valores de sua empresa para se conectar com os interesses do seu mercado-alvo e inspirá-los a visitá-lo.

Agora, é importante entender que esses pontos não devem ser deixados em um PDF que você nunca mais abrirá. Pelo contrário… Eles devem ser refletidos em sua experiência. Em outras palavras, tanto seus produtos quanto seu ambiente e serviço devem refletir a razão de ser da sua marca, seus valores e personalidade. Isso se chama CONSISTÊNCIA e influencia drasticamente no nível de risco que as pessoas percebem quando querem te visitar.

Além disso, se você não for consistente com o que promove, é muito provável que as pessoas falem mal do seu negócio e que você tenha recebido avaliações ruins. O que prejudica ainda mais sua capacidade de adquirir novos clientes.

Crie estratégias que exigem ação.

Partindo do princípio de que criou uma experiência instigante, pode agora recorrer ao marketing gastronômico e encontrar as melhores formas de posicionar a sua oferta na mente do consumidor.

Como mencionado no ponto anterior, a qualidade do seu marketing tem uma relação muito próxima com a sua marca.

Quando você conceitua sua marca corretamente e é consistente com sua experiência, você tem uma excelente base para criar estratégias que acionem seu mercado-alvo.

Você pode, por exemplo, projetar benefícios de primeira compra em seu ponto de venda; criar menus especiais com uma boa relação entre preço, quantidade e qualidade para que as pessoas sejam incentivadas a experimentar a sua experiência; crie um evento relacionado a um de seus valores e inclua elementos que agreguem valor para reduzir o risco percebido por seus clientes em potencial.

Faça o que fizer, o mais importante é saber posicionar-se e é por isso que você deve se comunicar de forma assertiva nas redes e fazer uso de impulsionadores de tráfego para alcançar as pessoas estrategicamente.

Além disso, se você fez um bom trabalho de storytelling e tornou sua experiência envolvente, o simples ato de investir em mídias sociais ou convidar um influenciador para recomendar seu restaurante pode ter um impacto direto nas suas vendas.

E este é apenas o primeiro passo para alavancar suas vendas. No próximo post da série te daremos novas dicas de como melhorar a performance do seu negócio.

Outras postagens

6 táticas para fidelizar seus clientes!

Em um mercado cada vez competitivo como o da gastronomia, é fundamental desenvolver ações através de ferramentas de fidelização para assegurar que